2021: Aumenta o número de estudantes brasileiros em Portugal

Quais as profissões mais procuradas de acordo com o Guia do Mercado Laboral da Hays?

A escolha de uma profissão deverá levar em conta não só os gostos e talentos de cada um, como também as tendências do mercado laboral. Nesse sentido, a multinacional de recrutamento divulgou uma lista com aquelas que serão as profissões mais procuradas pelas empresas portuguesas durante o ano de 2020.

Está em Portugal ou pensando em estudar aqui? Analisa bem a carreira que está interessado…

Os brasileiros voltam a ser a maioria dos candidatos estrangeiros matriculados nas universidades portuguesas neste novo ano letivo e representam 40% dos alunos universitários. 

Em relação a 2020, houve acréscimo de 26% de alunos lusófonos no ensino superior, informou a “Lusa”, com dados da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Entre estes 7,6 mil novos estudantes até o momento, a maioria é brasileira, confirmou o professor Pedro Dominguinhos, presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos.

Os números são ainda maiores, porque são dados provisórios e não incluem brasileiros com cidadania portuguesa ou de outra para da comunidade europeia, que podem concorrer ao concurso nacional de ensino superior. 

.

Expectativa por nota dispara busca por universidades portuguesas

Enem; O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) firmou convênio com a Universidade NOVA de Lisboa, em Portugal, para possibilitar a utilização dos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de ingresso em cursos de educação superior da instituição. Com isso, ao todo, 51 instituições lusitanas possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do Enem nos processos seletivos.

O acordo garante acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal. No entanto, cada instituição define as regras e os pesos para uso das notas. Vale ressaltar que os convênios não envolvem transferência de recursos e não preveem financiamento estudantil pelo Governo Brasileiro.

É importante destacar, ainda, que a revalidação de diplomas e o exercício profissional, no Brasil, dos estudantes formados em Portugal estão sujeitos à legislação brasileira. As instituições de ensino superior portuguesas signatárias de convênio são responsáveis pela comunicação oficial sobre essas regras com os candidatos admitidos nos cursos.

A primeira fase de candidatura desta forma de acesso terminou na última sexta-feira e 63 mil pessoas se inscreveram, um recorde. Diante da demanda, é possível que haja um desbloqueio de até 2,5 mil vagas não preenchidas nos concursos especiais e para estrangeiros.

Até o fim do próximo mês, a expectativa é que o número de brasileiros matriculados aumente. Atualmente, alunos do Brasil chegam a 25 mil no ensino superior português (40% dos estrangeiros).

– Os dados são estimativas e serão compilados mais adiante, mas adianto que o número de brasileiros aumentou. Este ano houve recuperação dos alunos estrangeiros em Portugal. Os estudantes brasileiros continuam a representar o maior número de candidaturas e matrículas nas instituições de ensino superior e nos cursos politécnicos – disse Dominguinhos, completando:

– A segunda fase terminou em maio. Alguns brasileiros já tinham suas candidaturas feitas em fevereiro ou março e faltava apenas matricular. 

Os cursos mais procurados são os de direito, saúde, informática, gestão e administração. A relação candidatos/vagas, de maneira geral, encolheu este ano porque mais portugueses se candidataram ao concurso nacional.

Há a possibilidade de as vagas que não forem preenchidas por estrangeiros sejam remanejadas para aumentar o acesso doméstico. E novas vagas podem ser criadas diante do número recorde de inscrições nacionais.

– É natural que as vagas não consigam satisfazer, globalmente, diante do maior número de candidatos. A procura não é uniforme, mas os cursos mais procurados são os de mais difícil acesso. A busca é mais elevada e as vagas são inferiores ao número de candidatos. 

A pandemia de Covid-19 levou alunos brasileiros a desistirem dos cursos, porque o trabalho ficou escasso e as mensalidades, apesar de ajustes pontuais e apoios de parcelamento durante o ensino à distância nos confinamentos, tiveram que ser pagas. Muitos voltaram para o Brasil, mas a maioria permaneceu matriculada e seguirá no ano letivo a partir de setembro. 

As universidades ampliaram a oferta de cursos virtuais e esperam adesão maior na reta final de matrículas daqueles que não podem viajar por falta de recursos.

– É uma oportunidade adicional que não estava sendo aproveitada pelas universidades.  Permitirá chegar a mais candidatos, porque haverá mais cursos de ensino à distância.

.

Separamos algumas instituições de educação superior portuguesas que aceitam notas do Enem, confira abaixo:

1. Universidade de Coimbra (UC) – 26/5/2014 | Renovação em 6/6/2019
2. Universidade do Algarve (UAlg) – 18/9/2014 | Renovação em 6/6/2019
3. Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria) – 24/4/2015
4. Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) – 10/7/2015 
5. Instituto Politécnico do Porto (P.Porto) – 26/8/2015
6. Instituto Politécnico Portalegre (IPP) – 8/10/2015
7. Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) – 9/11/2015
8. Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) – 24/11/2015
9. Universidade de Aveiro (UA) – 25/11/2015
10. Instituto Politécnico da Guarda (IPG) – 26/11/2015
11. Universidade de Lisboa (ULisboa) – 27/11/2015
12. Universidade do Porto (U.Porto) – 9/3/2016
13. Universidade da Madeira (UMa) – 14/3/2016
14. Instituto Politécnico de Viseu (IPV) – 15/7/2016
15. Instituto Politécnico de Santarém (IPSantarem) – 15/7/2016
16. Universidade dos Açores (UAc) – 4/8/2016
17. Universidade da Beira Interior (UBI) – 20/9/2016
18. Universidade do Minho – 24/10/2016
19. Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (Cespu) – 24/3/2017
20. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (Universidade Lusófona) – 5/4/2017

21. Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) – 5/4/2017
22. Instituto Politécnico de Bragança (IPB) – 6/4/2017
23. Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) – 22/5/2017
24. Universidade Lusófona do Porto (ULP) – 25/5/2017
25. Universidade Portucalense (UPT) – 26/7/2017
26. Instituto Universitário da Maia (Ismai) – 26/7/2017
27. Instituto Politécnico da Maia (Ipmaia) – 6/10/2017
28. Universidade Católica Portuguesa (UCP) – 22/1/2018
29. Universidade Fernando Pessoa (UFP) – 26/2/2018
30. Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (Ispa) – 27/4/2018
31. Instituto Leonardo da Vinci (ILV) – 27/4/2018
32. Escola Superior de Saúde do Alcoitão (Essa) – 23/5/2018
33. Universidade Lusíada – Norte – 23/5/2018
34. Universidade Lusíada – 23/5/2018
35. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) – 21/9/2018
36. Escola Superior Artística do Porto (Esap) – 29/10/2018
37. Universidade Europeia – 20/12/2018
38. Instituto Universitário de Lisboa (Iscte-IUL) – 6/6/2019
39. Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa (ESSNorteCVP) – 6/6/2019
40. Universidade Autônoma de Lisboa (UAL) – 6/6/2019
41. Instituto Politécnico da Lusofonia (Ipluso) – 14/8/2019
42. Instituto de Estudos Superiores de Fafe (IESFafe) – 17/10/2019
43. Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes (Ismat) – 19/11/2019
44. Instituto Superior Dom Dinis (Isdom) – 19/11/2019
45. Instituto Superior de Gestão (ISG) – 19/11/2019
46. Instituto Superior de Gestão e Administração de Santarém (Isla Santarém) – 19/11/2019
47. Instituto Superior de Gestão e Administração de Gaia (Isla Gaia) – 19/11/2019
48. Instituto Português de Administração de Marketing (Ipam) de Lisboa – 23/1/2020
49. Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) – 13/3/2020
50. Instituto Português de Administração de Marketing (Ipam) do Porto – 5/5/2021

51. Universidade Nova de Lisboa – 7/1/2021

.

Quer viver, trabalhar e empreender em Portugal? Confira os incentivos para você fazer isso no interior do país.

O governo central e as prefeituras de pequenas cidades portuguesas criaram uma série de incentivos para atrair negócios, investidores e profissionais. 

Portugal já se dedica há algum tempo a atrair empresas de base tecnológica. Há um programa de acolhimento de empreendedores estrangeiros para projetos de empreendedorismo e inovação no país que concede vistos ou autorização de residência para imigrantes à frente de start-ups aprovadas. Informações podem ser encontradas no site da agência de inovação IAPMEI (www.iapmei.pt).

.

Tech visa

Para quem busca um emprego nessas empresas de base tecnológica sediadas em Portugal, o programa Tech Visa dá a profissionais altamente qualificados de fora da União Europeia acesso às vagas abertas em start-ups e outros negócios. O interessado pode criar uma conta no programa em webapps.iapmei.pt/TechVisa.

.

Incentivos regionais

O Guia Fiscal para o Interior traz informações sobre benefícios fiscais para empresas e investidores nas cidades do interior. É recomendável consultar também as prefeituras das regiões de interesse o Interior.

Consulte o Guia Fiscal para o Interior no Portal do Governo, com informações sobre benefícios fiscais para empresas e investidores no Interior.

Entre em contato com a prefeitura de onde vive para entender que apoios são dados pelo município às famílias que vivem no território.

No interior de Portugal, centenas de prefeituras têm medidas distintas para crianças e adolescentes que vão desde transporte escolar gratuito às atividades extracurriculares e, ainda existe bolsas de estudos para o ingresso no Ensino Superior.

.

Ainda esta com dúvidas?

Precisa de algum tipo de assessoramento para facilitar a sua escolha e tirar as suas inquietações?

Pois bem, iremos indicar alguns serviços que prestam esse tipo de ajuda para o estudante que ainda esta em dúvida em relação ao tipo de documentação, notas do Enem, ajuda na escolha de cursos, cidades, reagrupamento familiar, enfim a Estude em Portugal é uma plataforma que você pode encontrar nas redes sociais, seja pelo Youtube, Istagran e ate mesmo pelo WhatsUp. Estamos falando do trabalho da ESTUDE EM PORTUGAL, liderado pelo brasileiro Higor Cerqueira, que vive em Portugal há 4 anos, e já, ajudou mais de 200 famílias de forma direta somente em 2021, tem 30 mil inscritos em suas redes sociais e conta com mais de 3 milhões de visualizações. O trabalho consiste em ajudar a escolher  a escola menos concorrida, Politécnicas, nortear o aluno, documentos, materiais, etc.

Consulte o site do Itamaraty, entre em contato com a Associação nacional dos estudantes Brasileiros em Portugal ou informe-se diretamente nos canais das universidades portuguesas. Veja os links disponibilizados acima. 

Esperamos ter sido de grande ajuda para sanar as suas duvidas e perguntas pertinentes ao planejamento de suas escolhas e desejamos boa sorte e bons estudos…

Leave a Reply