Intercâmbio Europeu para Empreendedores: Como empreender e viajar com tudo pago durante meses

Na imagem aparecem vários empreendedores, mostrando a ideia de união. Representa perfeitamente o conceito do intercâmbio Europeu para Empreendedores – Erasmus for Young Entrepreneurs
Fotografia retirada do site oficial do programa erasmus para jovens empreendedores

Já imaginou se houvesse um programa que ajudasse você, empreendedor,  a adquirir as competências necessárias para iniciar ou gerir com sucesso seu negócio na Europa?

Pois esse programa existe e se chama Erasmus for Young Entrepreneurs (programa de intercâmbio para jovens Empreendedores), é um programa de intercâmbio transfronteiriço promovido pela União Europeia que oferece a novos empreendedores e aspirantes a empreendedor a oportunidade de aprender com empreendedores mais experientes de diversas empresas em outros países da União Europeia e ainda oferece uma bolsa financeira que te ajudará a cobrir os gastos de sua viagem.

A intenção do programa é que através da troca de experiências durante uma estadia com um empreendedor mais experiente, o novo empreendedor possa adquirir as competências necessárias para gerir um negócio na Europa. Por outro lado, permite que os anfitriões, empreendedores experientes, se beneficiem de uma nova perspectiva sobre seus negócios e tenham a oportunidade de cooperar com parceiros estrangeiros ou conhecer novos mercados que possibilitem crescer seus negócios.

O programa foi fundado em 2009 e é financiado pela Comissão da União Européia e  já deu a milhares de novos empreendedores a oportunidade de aprender com empreendedores que são mais experientes em toda a Europa, ao todo já foram realizados mais de 8.540 programas de intercâmbios, onde foram envolvidos mais de 16 mil participantes. 

Outra boa notícia é que cerca de 65% dos empreendedores que participaram do programa expandiram suas operações para outros mercados internacionais. Então se você é empreendedor e mora na Europa, não perca essa oportunidade de começar ou expandir seus negócios. 

O que você precisa saber antes de começar a ler sobre o programa

Existem dois perfis principais de empreendedores que podem participar do programa de intercâmbio para jovens empreendedores, são eles:

Novos empreendedores (NE)

Empreendedores que planejam seriamente criar o seu próprio negócio ou que já o criaram nos últimos três anos. 

Empreendedores experientes (HE)

São empreendedores que são donos ou sócios de pequenas e médias empresas localizadas em algum dos países participantes no programa de intercâmbio.

Organizações Intermediárias (IO)

São organizações nomeadas oficialmente para promover o empreendedorismo a nível europeu. Sua função é facilitar o relacionamento entre NEs e HEs e oferecer serviços como promoção, informação, indução, validação de aplicações, organização de contatos, emissão de contratos, apoio logístico, etc.). 

Todo  relacionamento entre um novo empreendedor e um empreendedor experiente precisa de duas organizações intermediárias – uma como o contato IO para o NE e o outra como o contato IO para HE e como o NE e o HE, devem ser de países diferentes. 

Os requisitos exigidos para se inscrever no Programa são:

Se você gostou do programa de intercâmbio europeu para jovens empreendedores e quer participar, leia esses requisitos essenciais antes de se inscrever:

Novo empreendedor 

  • Ser maior de 18 anos;
  • Pretende seriamente começar um negócio;
  • Ter iniciado o seu próprio negócio nos últimos 3 anos, não mais que isso;
  • Ter residência permanente num dos países participantes no programa;
  • Ter uma ideia efetiva de um projeto ou negócio, que deve estar refletida em um plano de negócio;
  • Ser determinado e empenhar-se no período que dure a estadia com o empreendedor experiente de outro país participante;
  • Estar preparado para contribuir para o desenvolvimento do negócio do empreendedor de acolhimento e disponibilizar as suas competências gerais e específicas; 
  • Estar disposto a complementar o financiamento do programa, para se necessário, cobrir os custos da sua estadia no país escolhido para realizar o intercâmbio.. 

Empreendedor experiente

  • Ser maior de 18 anos;
  • Ter residência permanente em algum dos países participantes no programa;
  • Ser proprietário- gestor de uma empresa ou estar diretamente envolvido em empreendedorismo ao nível de Conselho de Administração de PMEs;
  • Está gerindo uma empresa há vários anos;
  • Pretende compartilhar o seu conhecimento e experiência com um novo empreendedor e atuar como mentor.

Que nível de inglês preciso ter para participar do programa?

Para participar do processo de inscrição e seleção do programa é essencial que você ao menos compreenda e consiga preencher os campos de inscrição, seu currículo e o resumo do seu plano de negócios em inglês, pois é o idioma utilizado nessa fase do processo. O idioma é bastante falado entre os participantes do programa, pois muitos o possuem como segundo idioma, já que a diversidade de idiomas oficiais é grande aqui na Europa. Porém dominar o inglês não é um requisito excludente, existem muitas oportunidades para empreendedores que falam outros idiomas e você pode filtrar sua busca por empreendedores que falam o seu idioma ou algum outro idioma que você domine.

Por exemplo, se português é sua língua materna e você fala russo como segundo idioma, você tem a possibilidade de buscar empreendedores que falam algum desses idiomas, assim ambos estarão confortáveis durante o período do programa e a troca de experiências será muito mais rica.

Que idiomas são aceitos no programas?

Atualmente constam no site do programa 33 idiomas, porém essa informação precisa ser confirmada com a sua organização intermediária no momento da inscrição, pois a União Europeia reconhece 24 idiomas no total, os que são falados entre os seus estados membros, porém ainda persistem mais de 60 línguas que são consideradas como línguas regionais ou minoritárias.

Quais países participam do Programa?

Atualmente os 27 países membros da União Europeia participam do programa, além da Albânia, Armênia, Bósnia-Herzegovina, Kosovo, Macedônia do Norte, Montenegro, Sérvia, Turquia, Ucrânia e Islândia. E desde 2018, com o programa piloto chamado EYE Global participam também os Estados Unidos (apenas nos Estados de Nova York e Pensilvânia), Cingapura e Israel.

Como se inscrever no programa?

Se você é empreendedor novo ou experiente e deseja participar do programa, você precisa se cadastrar no site do programa e escolher um ponto de contato local em seu país de residência, pois esse será responsável por te dar orientação durante o processo. Mas não se preocupe, se você reside em um país que não tem ponto de contato, você pode escolher qualquer outro país europeu que o tenha.

Documentos necessários

Você vai precisar de alguns documentos para se inscrever no programa, tenha em mãos:

  • Currículo atualizado,faça seu currículo de preferência em inglês através do site do Europass https://europa.eu/europass/en
  • Declaração de motivação, 
  • Plano de negócios

Se você tiver dúvidas sobre a documentação, entre em contato com alguma organização intermediária da sua cidade ou país através desse link: https://www.erasmus-entrepreneurs.eu/page.php?cid=5, essas organizações normalmente te orientarão!

O programa está dividido em 4 fases

  1. Fase de aplicação 

Você se inscreve por meio do link www.erasmus-entrepreneurs.eu, apresenta os documentos necessários que , prepare-se, tenha seu currículo, declaração de motivação e plano de negócios já prontos, e escolhe a organização intermediária. As organizações intermediárias é que avaliam se a sua candidatura é elegível ou não. 

  1. Fase de correspondência

Se sua candidatura for aceita, a organização intermediária te ajuda a encontrar empreendedores (NEs ou HEs) com o perfil compatível, mas ​​também é possível  buscar diretamente no banco de dados do programa.

  1. Fase de contrato e preparação

Se você encontrou o empreendedor que buscava (NEs ou HEs) chega o momento de formalizar o contrato. Então todas as partes envolvidas (NE, HE, IOs responsáveis) assinam os acordos necessários e fazem uma preparação para o início do programa.

  1. Fase de implementação

É o período em que ocorre o programa na prática, quando você, novo empreendedor viaja para começar a trabalhar com o empreendedor experientes ou vice-versa. Essa fase pode ser de 1 a 6 meses e pode ser subdivida em uma ou mais fases, com pausas de no mínimo 1 semana que devem ser acordadas entre ambos e suas organizações intermediárias

Benefícios

  • Novo Empreendedor

Você terá a experiência de vivenciar o dia-a-dia de uma empresa, experiência que aumentarão suas chances de sucesso  em seu negócio, além de viajar e conhecer uma nova cultura, novas pessoas e novos mercados.

  • Empreendedor experiente

Receber um novo empreendedor vai te beneficiar com um novo olhar sobre o seu negócio, além disso, ele pode ter competências ou conhecimento em áreas que você não domina e vai te complementar, além da rica experiência cultural envolvida. Segundo o próprio programa, a maioria dos empreendedores experientes gostam tanto da experiência de receber um novo empreendedor que decidem acolher posteriormente outros novos empreendedores.

Claramente essa é uma relação em que ambos empreendedores ganham!

  • Bolsa de estudo para sua estadia no exterior

O programa oferece um apoio financeiro aos novos empreendedores, o valor oferecido é para ajudar a cobrir parcialmente as despesas com a viagem e a  estadia. O pagamento da bolsa é efetuado diretamente pelo ponto de contacto local escolhido pelo novo empreendedor, a organização intermediária que está registrada na candidatura online. O valor da bolsa concedida para a estadia e como o pagamento será feito na prática (por exemplo, através de um pagamento parcial no início da estadia, em prestações mensais, etc) é definido com a organização intermediária e pode variar conforme o perfil de cada organização. 

O apoio financeiro é calculado com base no custo de vida mensal do país escolhido pelo novo empreendedor para o programa de intercâmbio.  

Atualmente os valores disponibilizados no site do programa são:

Albânia  – 530€, Armênia – 610€, Áustria – 900€, Bélgica – 830€, Bósnia-Herzegovina – 560€, Bulgária – 560€, República Checa – 610€ Croácia –  720€, Chipre – 780€, Dinamarca – 1100€, Alemanha – 830€, Estônia – 670€, França – 900€, Finlândia – 950€, Macedônia do Norte – 560€, Grécia – 780€, Islândia – 900€, Irlanda – 1000€, Itália – 900€, Letónia – 610€, Kosovo – 560€, Lituânia – 560€, Luxemburgo – 830€, Hungria – 670€, Malta – 720€, Moldova – 530€, Montenegro – 560€, Holanda – 830€, Polônia – 610€, Portugal – 780€, Romania – 560€, Serbia – 560€, Slovenia – 720€, Slovakia – 610€, Espanha – 830€, Suécia – 950€, Turkey – 750€, Reino Unido – 1000€, Ucrânia – 530€, Regiões ultraperiféricas –  1100€ e Empresários com deficiência (independentemente do país de estadía) 1100€.

Tarefas e responsabilidades

  • Novo Empreendedor 

  • Preparar e assinar um “Compromisso com a Qualidade” que assegure a regular relação de trabalho entre si e o empreendedor de acolhimento. Este compromisso define, entre outros, os objectivos da estadia e o plano de trabalhos proposto durante a mesma;
  • Assinar um acordo com o seu ponto de contacto local, relativo ao pagamento do subsídio para a sua estadia, especificando as tarefas, responsabilidades, condições financeiras e implicações legais do projecto dentro do calendário acordado;
  • Entregar um questionário de retorno após a sua estadia no estrangeiro, descrevendo o trabalho levado a cabo, as competências específicas e o conhecimento que adquiriu, assim como os benefícios do intercâmbio no desenvolvimento do seu próprio negócio;
  • Contribuir para uma estadia frutífera e produtiva. 
  • Juntamente com o seu empreendedor de acolhimento, decidirá quais as atividades a desenvolver durante a sua estadia. Estas podem incluir:
  • Acompanhar como observador e trabalhar com o seu empreendedor de acolhimento; 
  • Conduzir pesquisas de mercado e desenvolver novas oportunidades de negócio;
  • Participar em projectos de empreendedorismo, inovação e investigação e desenvolvimento;
  • Melhorar ou tornar mais específico o seu plano de negócios; 
  • Compreender aspectos financeiros do negócio;
  • Descobrir as estratégias de marca, vendas e marketing da empresa do empreendedor de acolhimento.

Casos de sucesso

 Aqui estão alguns depoimentos de empreendedores que obtiveram sucesso com o programa:

No site do programa é possível encontrar diversos depoimentos escritos e em vídeo.

Quem é o responsável pela gestão do programa?

O programa Erasmus para Jovens Empreendedores foi iniciado pela União Europeia. A Comissão Europeia assume a responsabilidade política e financeira, monitora a qualidade geral e avalia o programa.

O Erasmus para Jovens Empresários opera atualmente em 27 Estados-Membros europeus e 11 outros países participantes, com a ajuda de 175 organizações intermediárias. As suas atividades são coordenadas a nível europeu por um Gabinete de Apoio.

COVID-19

Qual é o impacto do  Covid-19 no programa Erasmus para Jovens Empreendedores?

Como consequência da evolução da pandemia do Covid-19, o programa Erasmus para Jovens Empresários adaptou temporariamente as suas regras. São elas:

  • Trocas remotas são possíveis e permitidas por um período de 1 a 3 meses. 
  • Os empreendedores que participam do intercâmbio remoto NÃO são elegíveis para receber o apoio financeiro. 
  • Se, após 3 meses, o NE puder viajar, a troca física pode ocorrer por no máximo 6 meses e o NE tem direito a receber o apoio financeiro. 
  • A duração da partida (remota + física) deve ser alcançada em um período de  até 12 meses consecutivos. 

Estas regras são excepcionais e serão aplicáveis ​​até 31 de dezembro de 2021

Regras de viagem

O programa Erasmus para Jovens Empresários não define quaisquer novas restrições de viagem para além das que já existem a nível nacional. Os participantes precisam seguir os conselhos nacionais e consultar o site de seus respectivos ministérios nacionais (Ministério da Saúde e / ou Ministério das Relações Exteriores, etc.) para as restrições de viagens atualizadas. Além disso, os participantes precisam se certificar de que possuem um seguro médico válido, qualquer que seja o destino, de acordo com as regras do programa.

 

Espero que esse artigo possa ter esclarecido todas as suas dúvidas sobre o programa. E se você necessita de mais informações sobre as regras de viagem de cada Estado-Membro, as  informações estão aqui: https://reopen.europa.eu/en/

(disponível em 24 idiomas).

Jeniffer Oliveira da Silva

Sugestões de leitura:

Comprar casa em Portugal: Cuidados a ter!

Como transferir dinheiro para Portugal pela Wise (Antiga Transferwise)?

2 comentários em “Intercâmbio Europeu para Empreendedores: Como empreender e viajar com tudo pago durante meses

Deixe uma resposta