Trabalhar e viver em Portugal: chegar e vencer na Europa também pode ser para você

Especialistas informam quais são os passos, desde o emprego até detalhes sobre como fazer essa transição em sua vida

A Era da Tecnologia veio para ficar. O mundo todo está usando métodos otimizados para gerir seus negócios. Principalmente em países com desenvolvimento mais avançado, como em Portugal. Um país europeu que está com o mercado de vagas totalmente aquecido para os trabalhadores brasileiros.

Primeiro, para que ocorra uma mudança tão grande em sua vida, como mudar com com familiares para outro país, questões emocionais já tomam grande parte do seu tempo. Ou seja, é necessário de pronto lidar com muitas questões pessoais sensíveis. 

Por isso, principalmente para as lidar com a burocracia, melhor contratar uma empresa com especialistas em transição de carreira e toda documentação pertinente. Isso facilitará todo o seu processo para passar a viver em Portugal. 

Desse modo, para desburocratizar da melhor maneira possível a sua transição de carreira e de país, o Evento Tech Job Summit, apresentou palestras com especialistas, mostrando os passos para imigração para de brasileiros para trabalhar em Portugal. 

Ou seja, opções de empregos, principalmente na área de tecnologia, tanto para trabalhos presenciais ou remotos. Ainda, oportunidades tanto para profissionais brasileiros quanto para toda América Latina. Ainda, todas palestras do evento foram gravadas e estão disponíveis, no Canal Tech Job Summit, do YouTube. 

Saiba como chegar e vencer no Mercado de Trabalho em Portugal

Primeiramente, a “Palestra 2 do Evento Tech Job Summit: Mercado de Trabalho em Portugal: Chegar e Vencer”, traz a convidada Cláudia Pinheiro, uma brasileira residente em Portugal, psicóloga e especialista em coaching, com foco em brasileiros que pretendem trabalhar em Portugal. Assim, tem com expertise atividades para acompanhamento de profissionais no processo de transição de carreira e posicionamento neste mercado.

Ainda mais, uma brasileira que conhece todas as nuances de empregos em Portugal, para que sua mudança de carreira e de país seja mais objetiva, segura e eficaz. Segundo Cláudia, o mercado de trabalho no país europeu está, neste ano, ainda mais aquecido para imigrantes brasileiros, principalmente para as oportunidades na área de tecnologia.

Porém, caso seu plano de vida não seja trabalhar com tecnologia, também há oportunidades de trabalho para outras categorias de especialistas e executivos. Ainda mais, diferentemente do Brasil, o mercado de trabalho português tem boa receptividade para profissionais experientes e maduros, como, por exemplo, entre 40 e 50 anos, ou até mais. Ou seja, preferem profissionais multidisciplinares, que estão preparados para todas problemáticas do dia a dia empresarial.

A tecnologia está a avançar em Portugal, e por isso existem vagas de trabalho.

Por que escolher Portugal para morar?

Ao contrário do Brasil, o mercado de trabalho de Portugal oferece planos de carreiras efetivos. Ainda mais, uma carreira que se expande à nível global. Por exemplo, o que muitos profissionais brasileiros enfrentam em grandes empresas é que, ainda que sejam capacitados, há um preconceito quanto às promoções para cargos executivos elevados. Assim, muitas companhias optam por escolher profissionais estrangeiros, aquém dos que estão ali mesmo capacitados para o cargo. Em resultado, há uma grande desmotivação dos empregados.

Por outro lado, o mercado de trabalho de Portugal traz um prisma diferente. Ou seja, oportunidades para trabalhar-se em projetos globais em empresas internacionais, com foco em suas qualificações, não pesando, inclusive, na decisão de preenchimento de vagas, qual é a sua idade.

Além do mais, Portugal é muito atrativo para brasileiros pela sua qualidade de vida. Como, por exemplo, residir em cidades calmas na região metropolitana da Capital, com custos de vida menores e, claro, recebendo seus salários em Euros, uma moeda imensamente mais valorizada que o real, em mais de cinco vezes. 

Por que Portugal trará um futuro melhor para meus filhos?

Em seguida, morar em um país europeu é também atrativo para brasileiros pela qualidade de vida que sua família pode desfrutar, principalmente no aspecto de educação de qualidade para os seus filhos. E melhor, educação de excelência de forma totalmente gratuita.

Por oportuno, vale destacar que no Brasil, educação de qualidade aos filhos dificilmente é feita por escolas públicas. Muitas famílias são obrigadas a comprometer grande parte da renda mensal para pagamento de escolas particulares aos seus filhos. 

No entanto, para o caso daquelas famílias sem condições financeiras, não há outra opção a não ser de se conformar com um ensino deficiente aos seus filhos. E, em consequência, terem estes trabalhos mal remunerados e não sem qualidade de vida no futuro.

Ainda, um fator importante, é que Portugal tem um dos menores índices de criminalidade do mundo. Ao contrário do Brasil, que é um dos países com maior índice de marginalidade mundial, conforme a ONU. 

Desse modo, viver no Brasil é ver escassez de profissionais qualificados. Pois, por exemplo, o ensino universitário somente ocorre para cerca de 20% de sua população. Assim, em um processo de cadeia, o país tem mais um motivador para estagnação do seu crescimento econômico.

Aumento das contratações em Portugal em 2022 e 2023

Antes de tudo, principalmente agora no momento pós-pandemia, o mercado mundial viu-se obrigado a otimizar suas atividades com a tecnologia. No entanto, o mercado de Portugal já estava à frente deste tempo. Ou seja, já vinha gradativamente se especializando nas tecnologias conforme a atualidade. Assim, quando o mercado tecnológico estourou, Portugal já estava passos adiante.

Desse modo, Portugal atrai projetos de diversos países. Além do mercado de toda Europa, Portugal também atende aos projetos de todo mundo. Como, por exemplo, Estados Unidos, Índia, Irlanda, dentre outros. Diante deste fato, todos que desejam iniciar transição de carreira profissional para Portugal, simultaneamente, ou até mesmo antes de tudo, deve ter um nível avançado do idioma inglês. Pois, sem este requisito, possivelmente as vagas de Portugal serão mais difíceis.

Todavia, vale destacar que para trabalhos com Tecnologia da Informação, inúmeras são as posições para os cargos. Além do mais, diante do exponencial crescimento tecnológico de Portugal, hoje as ofertas de trabalhos estão maiores que a procura. Em outras palavras, faltam profissionais para preencher as vagas de trabalho disponíveis.

Tenha um planejamento estratégico definido para ir para Europa

Todavia, como tudo na vida, é necessário ter um planejamento. Caso contrário, o que era para ser um sonho acaba se tornando um pesadelo. Então, deve haver tanto um planejamento estratégico quanto um planejamento familiar. Ou seja, fazer uma lista com tudo que deve ser feito para mudança, começando pelas prioridades. Como, por exemplo melhor o seu nível de inglês.

Primeiramente, primordial realizar inúmeras pesquisas, como, por exemplo, encontrar empresas que poderão dar todo suporte profissional para o seu posicionamento no mercado de Portugal. Como o apoio para emissão de visto e informação de quais são etapas de um recrutamento e seleção de um profissional. 

Até mesmo ajudando na elaboração de um currículo competitivo para posicionar-se em diversos setores no mercado de trabalho português. Assim, estruturando um currículo para o olhar dos recrutadores português, que de fato são bem diferentes dos vistos no Brasil.

TI é uma área promissora em Portugal.

Devo ser graduado em ensino superior para trabalhar em Portugal? 

O segundo convidado da Palestra Tech Job Summit, foi Sebastião Mello, especialista em fazer a ligação entre talentos profissionais e grandes empresas internacionais estabelecidas em Portugal. Ou seja, estabelece a ponte entre grandes empregadores e futuros empregados qualificados para as vagas. 

Sebastião mostra que, consideram-se profissionais qualificados não somente os que possuem uma graduação universitária. Assim, se você possui experiência comprovada de mais de cinco anos em sua área de expertise e um curso técnico, também terá uma chance de trabalho nas melhores empresas de Portugal.

Portanto, o mercado de trabalho português dá prioridade, para, além das habilidades técnicas do profissional, também competência para solução criativa de problemas do dia a dia corporativo. Desse modo, geralmente são os profissionais mais maduros, como por exemplo, acima dos 35 anos, que demonstram mais essas características importantes.

Por oportuno, como citado pelo palestrante Sebastião Mello:

“…uma das coisas que as empresas mais procuram não é propriamente a pessoa ter feito um bacharel, ter tirado um mestrado ou ter feito intercambio na Europa ou Estados Unidos. O importante, em termos de soft skills, ter o inglês, e em termos de hard skills, mostrar efetivamente trabalho que já foi feito e fazer-se valer nas entrevistas acaba sendo a parte mais importante” 

Qual a diferença dos salários entre Brasil e Portugal?

Afinal, o que a maioria das pessoas buscam é qualidade de vida e estabilidade financeira. Logo, trabalhando em Portugal pode concretizar todos esses objetivos. Além da imensa diferença entre a qualidade de vida em Portugal com o Brasil, o país europeu oferece salários que chegam a EUR 90 mil, segundo dados citados por Sebastião.

Por analogia, falando-se em moeda brasileira, EUR 90 mil, na cotação cambial de março de 2022, isso significa mais de R$ 475 mil ao ano. Ou seja, salários de em média R$ 39 mil. O que chama muito a atenção dos brasileiros. Pois, mesmo com todas qualificações necessárias, dificilmente chegará ao patamar de R$ 10 mil por mês, quem dirá quase R$ 40 mil. Estamos falando de um país onde a média salarial da população gira em torno de R$ 1.2 mil.Contudo, não há dúvidas de que trabalhar em Portugal é muito promissor. Ainda mais que, conforme os especialistas convidados nesta palestra do Evento Tech Job Summit, existem oportunidades para todos os perfis profissionais. Ainda, muitas empresas possuem programas de capacitação para profissionais que pretendem ingressar no mercado de trabalho português, além de darem todo o suporte para que o profissional e sua família se estabeleçam no país.

Para saber mais sobre tecnologia e como ser um profissional na Europa, acesse este link e faça a sua inscrição para se aperfeiçoar mais sobre este tema tão promissor. 

Deixe uma resposta